Padre Pio e os Três Dias de Trevas

Refúgio do Lente

De uma tradução de uma cópia de uma carta particular escrita pelo Padre Pio, dirigida à Comissão de Heroldsbach, designada pelo Vaticano, que testemunha a verdade e a realidade dessas revelações sobre os Três Dias de Trevas, dadas pelo Nosso Senhor ao Padre Pio, um padre capuchinho marcado por estigmas.

28 de janeiro de 1950

Mantende bem cobertas as vossas janelas. Não olheis para fora. Acendei uma vela benta, que será suficiente para muitos dias. Rezai o rosário. Lede livros espirituais. Fazei atos de comunhão espiritual e também atos de amor, que são tão agradáveis para Nós. Orai com os braços estendidos, ou prostrados no chão, a fim de que muitas almas possam ser salvas. Não vades para fora de casa. Provede-se com comida suficiente. As forças da natureza deverão ser impelidas e uma chuva de fogo deverá fazer as pessoas tremerem de temor. Tende coragem! Eu estou no meio…

Ver o post original 1.122 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s